SIENA: A PÉROLA DA TOSCANA

SIENA: A PÉROLA DA TOSCANA

SIENA: A PÉROLA DA TOSCANA

Estamos em uma praça enorme, em forma de D, cercada de prédios de três andares do século 12, com janelas apinhadas de gente. Uma torre de mais de 100 metros de altura se destaca na paisagem. Uma multidão se espreme no miolo do terreno enquanto os organizadores se esforçam para deixar livre o caminho da pista. Gente de todas as partes veio assistir à corrida de cavalos que será disputada em instantes por representantes de cada uma das 17 regiões da cidade. Antes da prova, moradores desfilam vestidos em coloridos trajes medievais em apoio aos seus jóqueis. Apenas dez deles, escolhidos por sorteio, participarão. Os cavalos também são escolhidos por sorteio para igualar as oportunidades. Vence o cavalo que chegar em primeiro após três voltas na praça, não importa se o cavaleiro estiver sobre ele ou não. Bem-vindo ao Palio di Siena, uma das mais tradicionais canchas do mundo, disputada rigorosamente desde 1590 nos dias 2 de julho e 16 de agosto, em homenagem a Nossa Senhora, no coração daquela que é a mais bonita das cidades medievais da Itália.

Vista aérea da Piazza del Campo

A corrida é realizada na Piazza del Campo, cuja forma, segundo o filósofo Titus Buckhardt, se assemelha ao manto de Nossa Senhora, que se alarga e toca os palácios à sua volta. No fundo da praça está a Torre del Mangia, símbolo do poder civil de Siena que foi construída em sua época áurea, quando a cidade ainda lutava contra o domínio de Florença. A torre de 102 metros fica  na parte mais baixa da praça, mas consegue dominar de um modo tão desconcertante a paisagem que parece que foi colocada sobre uma colina. A piazza é também endereço de outros edifícios de rara importância arquitetônica, como o Palazzo Pubblico, construído entre os séculos XIII e XIV e que hoje é sede do  Museu Cívico, que reúne importantes obras dos muitos artistas locais. Também vale a pena dar um pulinho na Cappella del Palazzo, toda afrescada com passagens da vida de Nossa Senhora e a Fonte Gaia, do lado oposto ao Palazzo, feita em mármore  com esculturas de Nossa Senhora, além da criação de Adão e sua expulsão do Paraíso.

Vista interna do Monte dei Paschi di Siena

No século XIII, Siena era tão rica e grande quanto Londres ou Paris. A cidade orgulha-se de ser o berço de grandes financistas italianos, e o banco mais antigo do mundo em funcionamento, Monte dei Paschi di Siena, foi fundado aqui em 1472. O resultado prático é facilmente percebido até os dias de hoje pela sensação de solidez das construções mais antigas. O ponto máximo da pujança da cidade é a catedral principal da cidade, mais conhecida como o Duomo de Siena, uma das mais importantes igrejas do mundo católico. Seu interior riquíssimo, todo trabalhado em mármore preto e branco, é absolutamente maravilhoso. O piso é monumental e formado por 56 painéis realizados por mais de 40 diferentes artistas retratando vários episódios bíblicos. Foram precisos  dois séculos para conclui-los. O chão inteiro só pode ser visto durante três semanas ao ano, no resto do ano, boa parte fica coberto para proteger a obra.  Em 1389, os ricos moradores resolveram ampliar a catedral para torná-la a maior da cristandade. Mas a peste negra devastou metade da população, e o projeto nunca foi levado adiante. Em uma das laterais é possível ver uma imensa parede que faria parte da ex-futura nova catedral.

Um dos salões do Monte dei Paschi di Siena

Siena é também uma cidade onde localização é fundamental. O Grand Hotel Continental, que ocupa um palácio do século 16 a poucos metros da Piazza del Campo, possui quartos amplos e com uma das vistas mais espetaculares de toda a cidade. É um hotel clássico com C cedilha, sem muitas fanfarronices tecnológicas, como televisores imensos (também, com uma vista dessas…), mas quartos enormes de pé-direito imenso e banheiros de igual tamanho e esplendor. Para completar, a adega com mais de 3 mil diferentes títulos da região é mais uma razão para simplesmente deixar a vida te levar.

Comentários

Deixe seu comentário

Related Posts

No Comments

Leave a Comment

Your email address will not be published.