MONTEREY, NA CALIFÓRNIA, ABRE A TEMPORADA DE OBSERVAÇÃO DE BALEIAS

MONTEREY, NA CALIFÓRNIA, ABRE A TEMPORADA DE OBSERVAÇÃO DE BALEIAS

Monterey, na California, garante que não há lugar melhor para observação de criaturas marinhas do que  aqui na “capital mundial para observação de baleias”. A fama é devido à topografia do oceano que atrai uma  variedade impressionante de espécies de baleias, golfinhos e outros animais à região. Os meses de janeiro e fevereiro são perfeitos considerados para quem deseja ter a experiência de ver de perto essas belas criaturas, pois é quando viajam em grupos de norte a sul – e vice versa – para dar à luz seus filhotes.

Os melhores locais são Point Piños e Monterey Bay, devido a um cânion muito profundo a apenas 3 quilômetros do litoral de Monterey, que provoca uma concentração de baleias que preferem nadar com mais segurança. Dentre as mais de 30 espécies de baleias, golfinhos, toninhas e lontras do mar, é possível avistar baleias azul, cinzentas, leões marinhos do Norte, orcas, entre outros. É possível observar os animais de perto, sem precisar se afastar uma longa distância da praia e a um valor muito mais acessível.

Durante o passeio, os grupos são orientados por guias especializados que contam um pouco sobre cada espécie avistada e seu comportamento. Há cientistas e biólogos que ajudam esses guias a coletar informações sobe número de baleias e golfinhos, temperatura da água, localização, condições climáticas, para serem enviadas ao Centro de Pesquisa de Cascadia e ajudar nos estudos sobre a natureza desses animais em seu habitat natural.

Nos dias 28 e 29 de janeiro acontece ainda, no porto Old Fisherman’s Wharf, o 7º Festival Anual de Baleias, evento familiar que celebra a migração das baleias cinzentas e criaturas marinhas locais. A festividade é gratuita e inclui eventos interativos para as famílias, com música, comida, atividades educacionais e palestras, com o objetivo de capacitar e inspirar a comunidade a proteger a vida selvagem.

Em tempo: a migração mesmo se inicia em outubro, quando as mães grávidas saem do Estreito de Bering, próximo ao Alasca, em direção à Baja, no México, para dar à luz em águas mais quentes. Em meados da terceira semana de janeiro é possível avista-las viajando para o sul. Já na segunda quinzena de fevereiro, as baleias podem ser vistas voltando para o norte novamente, desta vez acompanhadas de suas crias. A viagem continua até abril, quando chegam ao destino final.

Para mais informações e reservas dos passeios, visite See Monterey.

Comentários

Deixe seu comentário

Related Posts

No Comments

Leave a Comment

Your email address will not be published.