Como os ricos curtem a Disney

Como os ricos curtem a Disney

Como os ricos curtem a Disney

Visitar os parques da Disney é algo como a mais perfeita tradução da magia da infância. Mas como toda mãe sabe que viver essa fase é padecer num paraíso, existem as filas, filas enormes, que assombram as noites dos mais corujas dos papais. Já há solução para isso, graças aos serviços VIP que permitem driblar as longas esperas, casar ou comemorar aniversário em um dos parques ou mesmo mesmo programar um encontro exclusivo com a Minnie ou o Pluto. Mas se nada disso realmente encheu seus olhos, há um outro nível nessa brincadeira: você pode realmente viver na Disney World.

Único condomínio residencial dentro da Disney, o Golden Oak foi lançado em 2011 com a ideia de ser um bairro dos sonhos, com lindas residências, lagos e jardins com gramados bem cuidados. Os preços das casas variam entre US$ 1,7 milhão e US$ 8 milhões, e a maioria dos proprietários não mora lá, compra o imóvel, que pode chegar a 3 mil m², como opção para veraneio. Não existe opção de aluguel. Hoje, dez famílias de brasileiros possuem endereço ali, sendo que a mais conhecida delas é a do cantor sertanejo Luciano. Sua mansão fica em uma rua onde as casas custam na faixa de US$ 3 milhões.

Casa no condomínio Golden Oak, na Disney

A previsão é que o condomínio chegue a 450 casas, mas atualmente apenas cerca de cem já estão construídas. Todos os imóveis devem seguir uma padronização preestabelecida, mas os compradores podem escolher entre alguns estilos arquitetônicos diferentes. A planta segue o estilo tradicional americano, com ambientes grandes e cozinhas abertas.

Ao comprar uma casa, automaticamente a pessoa já se torna membro do Golden Oak Club, espaço privativo de recreação cujo carro-chefe é a Summerhouse, uma casa localizada no centro do condomínio, que oferece encantadoras áreas para reuniões e eventos, salas de jogos, spa, instalações de ginástica e piscina aquecida. Além disso, os proprietários do Golden Oak poderão também contar com a estrutura do requintado Four Seasons Resort Orlando, e terão prioridade nos serviços VIP da Disney, como o VIP Guide Tour, pelo qual se pode fazer uma visita aos parques sem pegar qualquer fila com um guia particular, que além de dar as melhores dicas ainda conta curiosidades e diverte a criançada.

Vista aérea do Four Seasons Resort Orlando

Mas como nem tudo é carrossel de “xicrinha” e sorvete com orelhas, nos últimos anos os administradores do parque têm se preocupado cada vez mais com as ofertas de atrações para os papais. Orientação que hoje se percebe na maior variedade de opções gastronômicas e diversões para quem tem corações fortes, paixão por automóveis e, pelo menos, uma carteira de motorista no bolso – porque do cartão de crédito falaremos depois.

Nesse sentido, o programa que vai fazer você pensar que valeu a pena ter embarcado nessa viagem em vez de mandar a sogra é o Richard Petty Driving Experience. Trata-se de um verdadeiro catálogo de diversões sob o ronco dos motores no Walt Disney World Speedway, um autódromo localizado no Walt Disney World e que já fez parte do calendário da Indy Racing League e das Nascar Craftsman Truck Series, entre outras categorias. Os programas variam de acordo com sua capacidade de investimento e do grau de adrenalina que se quer atingir.

Você pode simplesmente alugar um supercarro para dar algumas voltas na pista. Os preços começam em US$ 199 e podem chegar a US$ 439 pelo direito a dar seis voltas na pista em uma Ferrari 458 Italia. Um Lamborghini Gallardo custa US$ 339 e um Audi R 8, US$ 239, pelas mesmas seis voltinhas. Se você acha um tanto ousado arriscar-se com um possante desses nas mãos, pode simplesmente embarcar num carro de corrida ao lado de um piloto experimentado e dar três voltinhas na pista a velocidades que chegam aos 265 quilômetros por hora! Mas vamos combinar que quem não quer emoções fortes que vá ver o Peter Pan. A melhor das atrações desse sofisticado autódromo coloca você diante da real sensação de ser um piloto de corridas. A experiência “amadora” consiste em até oito voltas na pista, ao volante ou com o instrutor, ao custo módico de US$ 449. Existe a opção da lifetime experience, que custa US$ 1.299 e permite 30 voltas. Mas a grande brincadeira é a “Racing Experience”,  que custa US$ 2.599, permite 50 voltas a quase 300 quilômetros por hora e tem a duração de quase quatro horas.

Fim de corrida, hora de um banho caprichado e um bom drinque. Corra para o Jiko, restaurante localizado dentro do Animal Kingdom Lodge, que tem a fama de ser o maior importador de vinhos da África do Sul, e peça um Klein Konstantia geladinho – o vinho de sobremesa era um dos favoritos de um certo Napoleão Bonaparte. Se a ideia for um programa mais tradicional, vá ver a queima de fogos do alto do California Grill, restaurante situado no topo do Contemporary, o hotel mais antigo do complexo. Agora, se a ideia for um jantar mais sofisticado, a dica é o Victoria & Albert, onde criança não entra e o dress code exige paletó para os homens e vestido ou calça chique para as mulheres. O menu degustação é composto por sete pratos, como verrine de d’angola com nozes e maçã, salmão ao molho de porcini, codorna, kobe beef com ravióli de rabada, prato de queijos e sobremesa de chocolate da Tanzânia. A carta de vinhos é uma atração à parte, com oferta de 4.200 garrafas na adega. É uma brincadeira de gente grande, com algumas raridades como um Château Margaux 1961 ou um Mouton-Rothschild 1982, além de uma reputada coleção de Romanée-Contis.

Vista interna do restaurante Kingdom Lodge localizado dentro do Animal Kingdom

Fora isso tudo, a vida de VIP na Disney permite ainda alguns luxos como o Sunrise Safari, feito antes da abertura do Animal Kingdom, quando os animais estão sendo alimentados, o que permite ver muito mais espécies do que no horário do Kilimandjaro Safari (a atração formal do parque, que é mais curta).  No Yacht Experiences, pode-se alugar barcos dos mais variados tamanhos e até planejar um jantar romântico a dois pelos lagos Bay and Seven Seas Lagoon, com direito a mordomo exclusivo a bordo. Ou para os mais cansados, simplesmente relaxar em um spa com as mais capacitadas profissionais do sudeste asiático. A Disney, como se vê, oferece hoje programas para todos os bolsos – e estilos.

Comentários

Deixe seu comentário

Related Posts

No Comments

Leave a Comment

Your email address will not be published.